Compartilhe

terça-feira, 13 de abril de 2010

1o Congresso Brasileiro de Ecologia de Estradas - Road Ecology Brazil 2010


O 1o Congresso Brasileiro de Ecologia de Estradas (Road Ecology Brazil 2010) será realizado na Universidade Federal de Lavras (MG) de 23 a 25 de Agosto de 2010.

Este é um evento multidisciplinar que visa discutir as relações sociais, econômicas e ambientais da implantação de empreendimentos lineares.

Alguns dos conferencistas confirmados são:

Dr. Richard T. Forman (Harvard - EUA), um dos principais expoentes na área de ecologia de paisagem e considerado como o pai da Ecologia de Estradas

Dra. Miriam Goosem (James Cook - Austrália), atua com conservação e manejo de fauna e suas relações com empreendimentos lineares

Dr. Willian Laurance (James Cook - Austrália), expoente em conservação de florestas tropicais com enfoque em fragmentação de habitats, fogo, mudanças globais de clima, entre outros

Dr. Philip Fearnside (INPA - Brasil), realiza pesquisas ecológicas, incluindo a estimativa de capacidade de suporte de agro-ecossistemas tropicais para populações humanas e estudos sobre impactos e perspectivas de diferentes modos de desenvolvimento na Amazônia e sobre as mudanças ambientais decorrentes do desmatamento da região (http://lattes.cnpq.br/3176139653120353)

Contaremos também com a participação de pesquisadores brasileiros especializados em Ecologia de Estradas, representantes de órgãos governamentais e ONGs para debater o tema.

Mais detalhes no website: http://www.dbi.ufla.br/roadecology/



Road Ecology Brazil 2010

Rodovias, e outros empreendimentos viários, afetam o meio ambiente e vice-versa. Os efeitos das rodovias sobre a vegetação e a fauna silvestres vêm sendo foco de estudos e debate em todo o mundo, reunindo diversos setores da sociedade (governo, judiciário, empresas e universidades) buscando monitorar e minimizar estes efeitos.

O investimento no setor automobilístico e a opção pelo transporte rodoviário levam ao aumento da frota de veículos automotores e a expansão e investimentos na rede rodoviária no Brasil. Esta expansão, especialmente na Floresta Amazônica, e a ampliação de rodovias em todo o território são uma ameaça a cobertura da vegetação nativa e a sua biodiversidade. Além de ameaçar a viabilidade de populações silvestres, as colisões entre veículos e animais pode ser um risco à vida de motoristas e causar danos aos veículos. Para planejar, monitorar e mitigar os efeitos das estradas sobre a biodiversidade se faz necessário um debate entre os atores sociais envolvidos com o empreendimento viário.

Este encontro permitirá a troca de informações e experiências visando o desenvolvimento de ações e práticas, além de subsidiar a criação de leis e políticas que caminhem para uma relação sustentável entre o meio ambiente e o sistema viário (incluindo rodovias, estradas, ferrovias).
O REB é um evento multidisciplinar, estando aberto a professores universitários, pesquisadores, empresários, consultores, representantes de instituições governamentais de diferentes esferas administrativas, membros de organizações não governamentais, estudantes de graduação e pós-graduação, interessados na área de Ecologia de Estradas.
O evento deverá reunir profissionais das áreas biológicas, exatas e humanas, que desenvolvam ações que relacionem estradas e rodovias às questões ambientais, sociais e econômicas.


Instituição Organizadora


Universidade Federal de Lavras

Instituições Parceiras:



Universidade Federal do ABC & Universidade Veiga de Almeida

Instituições Participantes



IBAMA :: DNIT :: DER – MG :: ICMBIO :: IBGE
CONCESSIONÁRIAS DE RODOVIAS :: ANTT :: MINISTÉRIO PÚBLICO




Um comentário: